<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
16.2.10
 
Eu tive um sonho...
Sonhei que José Sócrates, num acesso de honestidade, fazendo jus à coragem que lhe reconheço, falou assim ao Secretariado Nacional do PS, nesta quarta-feira:
Minhas Senhoras e meus Senhores, pedi esta reunião por duas razões essenciais.
A primeira é para mim um imperativo de integridade pessoal; reconheço sem ambiguidades que de facto faltei à verdade ao garantir desconhecer as negociações entre a PT e a Prisa sobre a Media Capital/TVI. É minha intenção repetir este reconhecimento no Parlamento com o devido pedido de desculpas pessoal.
A segunda considero um imperativo de estado; dada a crítica situação financeira actual do nosso país, pedirei a confiança do Parlamento, garantindo a chefia do governo enquanto se executar o Programa de Estabilidade e Crescimento, com o compromisso solene de entregar a minha demissão ao Presidente da Republica, após a apresentação do PEC à União Europeia
É minha intenção inabalável, suspender a actividade política até acabarem as audições requeridas pelo PSD (ou por qualquer outro partido) à Comissão Parlamentar de Ética sobre a liberdade de expressão, bem como até ao relatório final da Comissão de inquérito sobre a alegada intervenção do Governo na intenção de compra de parte da TVI pela PT, que o Bloco de Esquerda já anunciou propor, e que eu próprio exijo.
Lamento profundamente a situação em que coloquei o partido, mas quero também deixar claro que, nunca urdi nenhum plano para domínio dos media, e que o meu nome foi invocado, mais uma vez, em vão. Acho apenas, que só uma investigação poderá lavar as dúvidas sobre a minha honra, porque são as dúvidas que alimentam o descrédito.
Mas se a minha legitimidade está afectada o mesmo não se passa com o Partido Socialista, cujo projecto político recentemente recolheu apoio maioritário dos eleitores. Peço-vos pois que iniciem o processo de escolha do meu substituto. Estou certo que, dentro ou fora do governo, será encontrada no partido uma pessoa credível e capaz de manter o rumo, cumprir o programa Socialista, e ultrapassar a crise política no interesse superior de Portugal.
Era isto que vos queria comunicar em primeira-mão, que comunicarei no sábado à Comissão Nacional do partido, e que explicarei, com o vosso apoio, a todo o partido nos próximos dias. A finalidade é mantermo-nos unidos, mas igualmente íntegros, eu e o partido.

Foi isto que sonhei… mas por via das dúvidas, esclareço que votei em José Sócrates, não só por aceitar o seu programa, mas também porque pensei que a sua experiencia e qualidades, eram a melhor alternativa para Portugal. Não acreditava no resto... por isso, peço eu próprio desculpa.

Etiquetas: ,


Comments:
Sonhar é fácil...
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger