<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
21.1.09
 
O demónio pelas costas...
O Chaves da Venezuela, esse fenómeno da democracia, disse adeus ao ex-presidente americano nestes termos: deve despedir-se com vergonha, pois foi o presidente com mais baixa popularidade em todo o mundo. Bye bye Bush!

Como de costume, não estou no coro de Deo Gracias mundial. Nada tenho contra a nova esperança. Fico contente pelo ver o sonho do Martin realizar-se, finalmente... em parte... mas nunca demonizarei Bush.
Um saloio texano, ok!... Mas se não foi o melhor presidente, garanto eu que não foi o pior, nem lá perto! Um gajo que, simultaneamente, leva com o maior ataque em território americano desde Pearl Harbour, com a maior crise económica desde 1929, para já não falar de um dos mais brutais ataques da natureza dos dois ultimos séculos... precisava de ser um misto de Kennedy, Roosevelt e Lincoln para se safar. E não era, admito.
"I think personally he is a good man who loves his family and loves his country. And I think he made the best decisions that he could at times under some very difficult circumstances" disse o novo presidente. Eu, saloio alfacinha, concordo contigo, mas hoje estamos quase sózinhos, Barack.

Bye bye Bush!
We Bushes cry easily. But not today.

Etiquetas: , ,


Comments:
Meu caro,
Como sabe, nesta matéria não estamos sintonizados. Nem isso é importante, porque o que importa mesmo é assumir as posições com honestidade intelectual, ao invés de alguns bloguistas que por aí postam e que disfarçam mal o incómodo da "derrota".
Um abraço
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger