<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
25.8.07
 
Robert Happé
click image (Sam Francis, mandala 1975)

A maioria dos homens já se desenvolveu o suficiente para poder compreender a essência dos ensinamentos de Cristo, como filosofia de consciência superior.
Existe dentro de nós uma luz divina, um poderoso vórtice de energia, que busca despertar e aumentar o amor, para nos mostrar quem realmente somos.
É a essência dessa força criadora, também conhecida como amor, que nos torna conscientes da responsabilidade como co-criadores, que nos lembra da nossa herança divina e da nossa verdadeira identidade.
É a falta de amor que conduz as pessoas a dualidades competitivas e negativas, a jogos de condenação e de crítica em que sempre encontram defeitos nos outros
Despertar neste plano é, essencialmente, tornar-se consciente da presença interior do amor e expressá-lo com os outros; significa soltarmos as amarras do medo, permitindo que o amor existente em nós clareie tudo.
Esse é o foco central do processo que eleva o nível da nossa consciência.
Consciência é a palavra-chave para que possamos sobreviver!
Aqui neste planeta, o jogo é acordar da amnésia, aprender a aceder ao nosso livre arbítrio, tornar-mo-nos conscientes.
A chave para a sobrevivência não é a competição e sim a cooperação.

Nunca ouvi falar deste tipo, foi-me "apresentado" por um amigo, mas não faço ideia do contexto e envolvimento, deste aparentemente viajado filósofo holandês.
Sendo cristão, sou contudo muito pouco dado a apocalípticos e iluminados, mas fui surpreendido.
Surpreendi-me ao aderir, práticamente, a todo o pensamento que exposto.

Vale o que vale...
Para quem tiver paciência aconselho a aula de vida, demora meia hora, mas creio que vale a pena: assentamos (ou não) umas ideias.

Etiquetas: , , ,


Comments: Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger