<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
2.4.07
 
Desafios à Pérsia
Do Sol : A TV iraniana deu a entender que o tom mais amistoso de Teerão se deve a uma mudança na estratégia de Londres.
"Parece que a Grã-Bretanha saiu um pouco da sua posição nos últimos dias a respeito de alguns factos inegáveis e [se afastou] de parte das suas queixas"
Um porta voz de Tony Blair respondeu:
"Os iranianos conhecem nossa posição. Sabem que aparições televisivas conduzidas em estúdio não vão afectar-nos. Estamos à espera da resposta deles. Há muita coisa a acontecer nos bastidores"

Em plena crise Anglo-Persa - talvez resposta à prisão de agentes persas no Iraque - por causa do rapto dos 15 militares ingleses na indefinida fronteira fluvial do Chat al-Arab... observemos.
Sigamos a crise com os olhos da Teoria dos jogos; para já ninguém quer perder a face.
DD dá merda; CC é a saída
Resta saber que modelo vai ser seguido (e por quem) se o do Herói (como Leónidas nas Termópilas) se o do Líder.


Como se o que basta não bastasse, descortina-se já no horizonte uma nova provocação á Pérsia, o filminho ao estilo épico da moda “300”.
Segundo Heródoto, há cerca de 25 séculos, trezentos europeus (que por acaso eram uns milhares, e a maioria nem era de Esparta) travaram durante uns dias um milhão de persas (por acaso um quarto disso, o que já era um exército monstruoso).
Ai ai ai... falar nessa história outra vez?

Para cúmulo em estilo cow-boys e índios (persas, claro)...
Estes ocidentais não aprendem!... ainda não sairam de uma e já se estão a meter noutra.

Comments: Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger