<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
1.7.05
 
Se...

Aldo Palazzolo

Se és capaz de conservar o bom senso e a calma,
Quando os outros os a perdem, e te acusam disso;
Se és capaz de confiar em ti, quando de ti duvidam
E, no entanto, perdoares que duvidem;
Se és capaz de esperar, sem perder a esperança
E não caluniar os que te caluniam;
Se és capaz de sonhar, sem que o sonho te domine
E pensar, sem reduzir o pensamento a indiferença
;
Se és capaz de enfrentar igualmente o triunfo e o desastre,
Sem fazer distinção entre esses dois impostores;
Se és capaz de ouvir a verdade que disseste,
Transformada por velhacos em armadilhas para ingénuos;
Se és capaz de ver destruído o ideal de uma vida inteira
E construi-lo de novo com ferramentas já gastas;
Se és capaz de perder tudo e recomeçar o teu caminho
Sem que ouça um suspiro quem seguir ao teu lado;
Se és capaz de forçar os teus nervos e músculos,
Fazê-los trabalhar quando já quase não te servem,
Aguentando-te, quando já nada em ti resta,
A não ser a vontade que diz: Enfrenta!
Se és capaz de falar com o povo e ser digno,
De passear com reis, mantendo-te o mesmo;
Se não te pode abalar, amigo ou inimigo,
E não sofre decepções quem conta contigo;
Se preenches cada minuto que passa
Com sessenta segundos de tarefas justas;

Se assim fores, o Mundo será teu,
Será teu, tudo o que nele existe.
E não receies que to roubem.
Mas, melhor que tudo isso,
Se assim fores, serás ALGUÉM.*


*HOMEM no original
(Adaptado de If de Rudyard Kipling, 1865-1936)


Etiquetas: , ,


Comments:
Isto é o programa de toda uma vida, CBS!
Abraço.
 
:)
Abraço
amigo Csa
 
Obrigada!!!!

Tava memso a precisar!
Portanto, partirei para a luta!

=)
 
MAGNÍFICO!! -Abraço, IO.
 
"Se assim fores..."
ÉS!

Gostei muito! Imenso! Gostei imensamente deste cuidado de tradução e abrangência que comporta ALGUÉM...
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger