<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
1.5.05
 
Chicago First of May 1886


The day will come when our silence will be more powerful
than the voices you are throttling today.
A.Spies

Em 1886 a organização dos trabalhadores americanos (The Federation) promoveu uma manifestação pelas oito horas de trabalho (contra as 10,16 horas vigentes na época).
Apartir de 1 de Maio desse ano, as empresas que não adoptassem o horário de oito horas, seria sujeitas a greve.

A maior das manifestações ocorreu em Chicago, juntando cerca de 80.000 trabalhadores.
O Poder, e os ecos dos jornais viram aí, o prenúncio de uma revolução; e pediu-se repressão.
A 4 de Maio num protesto junto ao mercado de Haymarket, contra a repressão policial, alguém (nunca se soube quem) lançou uma bomba; a policia atirou e morreram várias pessoas, incluindo polícias.
Nasceu assim o mito do massacre de Haymarket, na sequencia do qual, quase todos os sindicatos americanos foram fechados.

O movimento foi desarticulado, e só em 1935, com o "New Deal" de Roosevelt, as oito horas de trabalho se tornaram lei na América.

Os organizadores do protesto de Haymarket foram julgados e condenados, não como executantes, mas como instigadores do 4 de Maio.
Um suicidou-se (Lingg) e os outros quatro (Parsons, Spies, Fischer e Engel) foram enforcados em 11 Novembro de 1887.

O injustiça de caso Haymarket tornou-se num escandalo mundial.
Em 1889, a Segunda Internacional, reunida em Paris, adoptou o dia 1 de Maio como o Dia Internacional do Proletariado, em memória da morte dos operários de Chicago.

O Monumento de Haymarket erigido em 1893 (Monumento Nacional desde 1997) encontra-se no "Forest Home Cemetery" em Forest Park, Chicago, Illinois.
Duas figuras de bronze, uma mulher representando a "justiça", que desembainha a espada, enquanto coloca uma coroa de louros na cabeça do operário caído.
Os homens a quem é dedicado foram vítimas de um Estado, e de uma opinião pública, que espezinharam a verdade e o direito de manifestação contra a injustiça.
Este monumento representa hoje, também, um louvor ao "Bill of Rights", em especial das liberdades de expressão e de reunião.

Etiquetas: , ,


Comments:
Em 1890 o 1º de Maio foi pela primeira vez comemorado em Portugal.
 
No ano seguinte à reunião de Paris, portanto.
Não sabia.
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger