<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
22.4.05
 
Poesia Pessoana
...feito de sal e azar.
Se um dia chove,
A água dissolve
O sal,
E sob o céu
Fica só o azar...

Etiquetas: , ,


Comments:
Bolas, estas são viagens que precisam de ser recordadas. Era para comentar este e os outros dois «posts» anteriores, mas fiquei sem fala. Sobretudo ao ver aquela sala.
 
'Sale hasard', pronunciava a esquerda francesa, nos anos quarenta.
Abraço, IO.
 
Pois é c.s.a. é daqui que eu venho.
Não concordando com o sistema, vivi muito bem, ao contrário de outros.
Salas de aula, livros, coisas destas mexem comigo, comovem-me.
E, vendo o ensino actual, considero que tive a sorte de aprender naquele tempo.

IO, não sabia, mas a pronúncia bate certinha :)
Acho que sim, foi um azar, contas feitas no final. Mas também acho que os portugueses é que estão sempre à procura de um chefe iluminado, desde do tempo do Sebastião, o primeiro "sale hasard".

Um abraço aos dois
 
Sendo assim, não espero e saio já deste filme. Bem dizia o Almada: Quero ser Espanhol!
Ainda a tempo: Naquela sala de aula, só falta a D. Sofia, que era a minha professora.
 
«Mas também acho que os portugueses é que estão sempre à procura de um chefe iluminado, desde do tempo do Sebastião, o primeiro "sale hasard"» - ora cá está, finalmente, um português com quem estou 100% de acordo!!, é isso mesmo, Abraço, IO.
 
100% é muito IO, já fico contente com 50% (sou pouco exigente).

Então e a Nazaré tava boa?
 
,
 
.
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger