<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
19.4.06
 
A Europa terá existido?

No repertório medieval de conceitos que exprimem identidade de grupo, o termo Europa tinha um lugar relativamente secundário.

A partir dos finais do século XV, contudo, começou a ser encarado de forma mais séria.
Quando o Papa Pio II, já mencionado como um dos semifinalistas para o título de “primeiro europeu”, ouviu a notícia de que os turcos tinham tomado Constantinopla (1453), observou: "agora fomos realmente atacados na Europa", ou seja, em casa…

Desta vez contudo, o termo Europa não caiu em desuso tão rapidamente como antes, e a partir do século XV, já não é possível contar pelos dedos as vezes que a palavra ocorre…

As histórias da Europa começam a ser escritas, a começar pela História dell’Europa do florentino Pierfrancesco Giambullari, impressa em 1566.

Peter Burke, O Mundo como Teatro, 1992


Comments:
thanks...
 
you're welcome*
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger