<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
23.11.05
 
Urban Art: Visibility

woostercollective Lascaux

O nosso medo profundo vem da caverna.
Nunca fomos felizes, mas sempre procurámos sê-lo.
Os peritos traçaram teorias para explicar os "graffitti" na caverna.
Olhem para as paredes das nossas cidades e vejam.
Será preciso grandes teorias para perceber?

Jovens na selva urbana, nada podendo, senão criar apartir de vidas vazias.
Participam no grupo (gang) colectivamente, mas alguns enganam o medo de outra forma, de uma forma própria, individual.
Fazendo-o, tornam-se visíveis nas marcas que deixam.
São pégadas na selva urbana.


Comments:
mt bom, mt bom...
 
este é muito bom mas um caso raríssimo. A maior parte é puro vandalismo e desrespeito pelos bens públicos

(sou uma ferverosa anti-grafitti)
 
Zazie
é como em toda a arte.
a maioria é banal e de vez em quando aparecem uns muito bons.

Vai ao Wooster collective e vê.

PS: um dos gozos da coisa é fugir à Policia, faz parte do jogo.
Os apanhados deviam limpar como pena;
mas como na toirada, as melhores faenas deviam ser poupadas
:))
 
Vidas vazias e invisibilidade... Quando nós (tenho 35...) éramos crinças e adolescentes, que "visibilidade" tinhamos? Como "enchiamos" a vida?
 
*crianças...
 
isso de grafittis a fugir á polícia e ao guarda-nocturno também eu fiz mas foi antes do 25 de Abril. " o primeiro de Maio é vermelho" looooooollll
isso é que era pica, meu!

isto hoje em dia é mais é vandalismo cretino. Há cidades da europa completamente estragadas com essa merda. Até igreja os sacanas pintam com aqueles riscos sempre iguais em toda a parte. Incomoda-me mais isso que a droga ":O)))

acredita. Acho que é mesmo o primeiro princípio para a marginaliade de bando. O mayor Giuliano de Nova Iorque pensava o mesmo.
 
e olha que as fugas eram tão a sério que até chegou a haver tiroteio. Duma vez saltei um lance de uns 30 e tal degraus de uma só vez ":O)))

mas o que se pintava não era nada de especial que nem havia tempo com o spray ou com os autocolantes lambidos à pressa
 
tiroteio e feridos, já me esquecia que um tipo esteve meses internado nos Capuchos á conta disso... e vigiado pelos bufos
 
Acho sempre bom que os jovens se expressem. Mas estou de acordo com a Zazie, já isto é vandalismo, adrelina para o proibido e também para fugir da Polícia (mais que tudo). Mas há que reconhecer que há grafittis muito imaginativos e de grande qualidade artistica (deveríam ter seu propio espaço).
 
E-Clair
quando eu era criança nem sabia o que era a rua.
o mundo muda cada vez mais rápido.
actualmente a visibilidade significa a diferença entre existir ou não (socialmente).

Chute e Zzazz
vandalismo é queimar carros e assaltar velhinhas.
grafittar a carrinha da Camara enquanto eles apagam as paredes é um gozo, lol.

Sei dessa do Giuliani, e sei que diminuiram a insegurança, e da teoria de atacar a delinquencia menor.
Mas também não sei porquê, lembro-me daquela frase: os indios bons, são os indios mortos
:/

J'ágora, aqueles riscos sempre iguais, são nomes, frases, são marcas pessoais.
Se eu vir BMW, sei quem fez aquilo.
Depois vão evoluindo as letras, cores, dimensões, profundidade, etc.
Muitos pais "benzocas" nem imaginam a vida nocturna dos meninos, lol
 
CBS, mas tu andas nisso com a tua provecta idade...?
eehehe tu és um sujeito muito misterioso...
 
:)
Nao sou bem eu, lol
São os putos, mas acho graça.
já desenhei letras e tudo
:))
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger