<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
4.9.05
 
Volantes de ouro

The Cahier Archive

Na Fórmula Um actual, a grandes equipas pagam os melhores a peso de ouro.
Existem estrelas em ascensão e outras cadentes.
No extremo inferior, passa-se o contrário, são equipas com a corda na garganta, que vendem o acesso ao “Grande circo”, tipo “barrigas de aluguer”, pela melhor oferta.
Só há vinte lugares (mais dez para piloto de ensaios)…

Um volante na Formula Um consegue-se assim;
O piloto X tem dinheiro (uns valentes milhões de Euros), e a equipa Y precisa de dinheiro, muito dinheiro.
Então o piloto X, paga e passa a pilotar para a equipa (casos da Minardi e da Jordan).

Primeiro tens de guiar tão bem como os melhores;
Segundo, precisavas de uns cinco a dez milhões de Euros para competir financeiramente por um lugar numa equipa rasca;
Além dos contactos certos, César Torres faz muita falta para dar um empurrãozinho (Lamy foi exemplo).
Terceiro, precisas de ter muita sorte (o terceiro lugar caiu do céu a Monteiro nos USA, é o exemplo) e dar nas vistas, para que no fim da época alguém do Olimpo (Ferrari, Mc Laren, Renault, Toyota) se lembre de ti.
Depois, só depois, pode ainda acontecer que Deus te pegue ao colo e que o talento se transforme em génio.
Não é provável, mas como na Lotaria, para ganhar é preciso jogar…


Segundo a Formula One Magazine, em 2005, os salários anuais em dólares:
01. Michael Schumacher (Ferrari) -- 35 Milhões (mas com contratos extra deve chegar aos 90)
16. Ralf Schumacher (Toyota) ------ 25 Milhões
09. Kimi Raikkonen (Mc Laren) ----- 22 Milhões (+ 1 Milhão por vitória)
10. Juan Pablo Montoya (Mc Laren) 15 Milhões (+ 1 Milhão por vitória)
02. Rubens Barrichello (Ferrari) --- 10 Milhões
17. Jarno Trulli (Toyota) ----------- 10 Milhões
05. Fernando Alonso (Renault) ----- 9 Milhões
06. Giancarlo Fisichella (Renault) - 9 Milhões
03. Jenson Button (BAR) ------------ 8 Milhões
07. Mark Webber (Williams------------ 4 Milhões
11. Jacques Villeneuve (Sauber) ------ 2,5 Milhões
12. Filipe Massa (Sauber) ------------ 2,5 Milhões
04. Tacuma Sato (BAR) -------------- 2 Milhões
14. David Coulthard (Red Bull) ------- 1,5 Milhões (+ 50.000 por vitória)
08. Nick Heidfeld (Williams)---------- 1 Milhão
15. Christian Klein (Red Bull) ----------350.000
18. Narain Karthikeyan (Jordan) ------- 250.000 (retirado ao patrocínio)
19. Tiago Monteiro (Jordan) ----------- 250.000 (retirado ao patrocínio)
20. Christian Albers (Minardi) --------- 250.000 (retirado ao patrocínio)
21. Robert Durnboos (Minardi) -------- 250.000 (retirado ao
patrocínio
)


Comments: Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger