<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
26.9.05
 
Formula One: o preço

The Cahier Archive

Quando começámos na Formula Um, em 1969, pensávamos que uma temporada no topo do custava a fortuna de 75.000 Euros.
Dez anos mais tarde o nosso orçamento roçava os 800.000 Euros.
Hoje? Bem… os custos explodiram.
(Sir Frank Williams)

Apesar de um obsceno consumo de recursos - só para andar às voltinhas num circuito, mais depressa que os outros - à medida que os custos se agravam, o maior “Desporto-Negócio” do Mundo têm vindo a mergulhar numa aguda crise
Quanto custa competir?
Em 2003 a Formula One Magazine apresentava estes números (abaixo dos actuais):

1. Investigação e Desenvolvimento: desenho e em testes no banco de ensaios.
Variava de 35 Milhões de Euros na McLaren até 200 Mil Euros da Minardi.

2. Túnel de Vento: as performances dependem da aerodinâmica, e os Túneis de Vento trabalham 24 horas por dia. A Ferrari construiu um por cerca de 40 Milhões de Euros.
A despesa variava desde o custo de manutenção anual de 15 Milhões de Euros da Ferrari até aos 3 Milhões de Euros de aluguer gastos pela Minardi.

3. Produção do Monolugar: Desde uns 4 Milhões para a Ferrari até uns 750.000 Euros para a Minardi.

4. Produção de Motores: a produção de motores de 3 litros capazes de potências de 900 cv a 19.000 rotações por minuto, requer um investimento colossal. Alguns fazem-no e revendem depois; 150 Milhões custou o motor da Toyota.

5. Viagens: meia centena de pessoas voa em cada “week end” para os circuitos. Representam 900 voos, 145 “rent-a-car” e 800 quartos de hotel por ano.
Uns 18 Milhões para a Ferrari e 5 Milhões para a Jordan

6. Testes Privados: a análise das performances em pista, longe dos Grand Prix.
A Ferrari tem uma pista própria e ainda gastava 88 Milhões, a Minardi “apenas” 3 Milhões de Euros por ano.

7. Correr: conceber e produzir carros de corrida é uma coisa, mas fazê-los competir é outra completamente diferente (o que explica muitos falhanços).
Diz-se que a factura da Ferrari andava próximo dos 28 Milhões.

8. Salários da Equipa: as maiores equipas são empresas com mais de 900 empregos directos. Diz-se que a Ferrari gasta 41 Milhões, a Toyota 32 Milhões, a McLaren 30, e a Williams 24 Milhões por ano.

9. Salários dos Pilotos: a Ferrari afirmava pagar 44 Milhões anuais aos seus dois pilotos (80% para Schumacher provavelmente); a BAR dizia 24 e a Williams 20 Milhões anuais.

Tudo somado parece que actualmente Ferrari, Toyota, McLaren e Renault andam acima dos 500 Milhões de Euros/ ano.
Não divulgam os números completos.
Segundo Paul Stoddart da Minardi, a Ferrari deve atingir os 800 Milhões.
Depois a BAR, Williams, Sauber e Red Bull (ex Jaguar) situar-se-ão entre os 100 e pouco mais de 200 Milhões.
Finalmente as “falidas” Jordan e Minardi (a Minardi foi recentemente adquirida pela Red Bull e a Jordan pelo Midland Bank) que lutam abaixo da linha de sobrevivência (Alex Shnaider do Mibdland situa-a nos 100 Milhões) com orçamentos de 50 Milhões de Euros, aconchegados com os patrocínios dos pilotos.
Diz-se que Karthikeyan levou entre 7 a 12 Milhões para a Jordan.

Comments:
não sabia nada de formula um e também nunca tinha procurado informação, nem sequer pensado nisso. fico grata pelos esclarecimentos. e fico a pensar no assunto.
um abraço
graziela
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger