<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
24.8.05
 
O maior piloto português


A corrida na Turquia foi difícil, mesmo tendo terminado a 14ª prova da sua carreira, o que aumentou o seu recorde de piloto estreante que maior número de corridas seguidas completas.
O piloto da Jordan tem um dos quatro carros menos competitivos, dos vinte que alinham em cada Grand Prix; portanto o que se lhe pode pedir é que acabe e em 17º lugar.


Tiago Monteiro acabou tudo até agora, com este palmarés:
3º USA
10º Barhein/ Canada

12º Malásia
13º SMarino/ Mónaco/ França/ Hungria
15º Europa/ Turquia
16º Austrália/ Espanha

17º Inglaterra/ Alemanha


Alguém que faça melhor...
Comments:
Será pouco provável que, nos tempos mais próximos, a fazer mais, seja alguém para além dEle!
Na verdade, Grande Tiago!
 
Há mais na forja.
O André Couto, por exemplo, ganhou há pouco os 1000 km de Suzuka que corresponde no Oriente às 24 H de Le mans.

Mas antes, há duas necessidades:
-dinheiro, para entrar numa equipa
-sorte, muita sorte
Depois disso, e só depois, é preciso guiar melhor que os melhores :)
 
ah yeah... deixemos saudosismos Lamyzistas de lado
 
bem dito, há para aí uns tontos a gozarem o grande trabalho dele
 
O Pedro Lamy é um grande piloto, que não conseguiu ir mais longe na F1. Mesmo assim obteve o primeiro ponto português no Campeonato do Mundo (6º na Australia 1995).

Só que em menos tempo, Monteiro já tem um 3º no palmarés.
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger