<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
1.5.06
 
Da Cinemateca
Quem vê o que não deve, deve o que não vê (JBC - Público 19/XI/04)

foto gamada aqui

"O Estado, ... adiou ou tenta adiar a reforma.
E, no entanto, aparece sempre quem queira empurrar os velhos pela porta fora, para ir patrióticamente para o lugar deles.
...
Não interessa que um grande servidor do Estado, como ele é, não se improvisa ou substitui com facilidade.
Nem sequer interessa que, se a Cinemateca se tornou cobiçável, foi porque ele a fez"
(vpv - Público 30/IV/06)

Por uma vez, tou sem reservas com este azedo caramelo, que dá pela graça de Vasco.
Mas surgem-me dois reparos:
- Aos que o querem ver de lá para fora, invocando o limite de idade, perguntaria qual é mais importante, a regra ou o mérito?
Manuel de Oliveira deveria ter-se sujeito à regra?

- Aos defensores da continuação de João Bénard da Costa na Cinemateca (nos quais me incluo), perguntaria como será depois?... alguém pensou, a começar pelo próprio, na continuação do que ele nos deixa?
Comments:
Já somos dois, em relação ao 'caramelo azedo' lol... Claro que a resposta é só uma: o Mérito, o Mérito!! - mas os homens inteligentes devem também saber que não são eternos e preparar uma 'equipa' que os substitua, porque o 'sacana' do dia há-de vir e a Obra tem que continuar. Mãos à obra, JBC!! - abraço, cbs, IO.
 
Se a Cinemateca não valesse um chavo, queria ver quantos se empenhariam em tirá-lo da cadeira.

Alguns dos que se amofinaram tanto quando o António Lagarto foi substituido (erradamente parece-me) no teatro Nacional?

Estes lugares públicos são de nomeação, não de eleição; a responsabilidade do bem ou do mal, cabe aqui por inteiro ao governo.
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger