<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
3.3.06
 
A manobra mais bonita que vi na Fórmula 1
Click the image
Hungaroring 1986, Senna (Lotus-Renault) zigue-zagueia em plena reta para manter a liderança.
Nelson Piquet (Williams-Honda) coloca-se por dentro e chega a fazer a ultrapassagem, mas Senna posicionando-se no meio da pista e não no traçado habitual (exterior) espremeu Piquet (no interior) deixando-o sem espaço.
Piquet entrou na curva fora da linha ideal, e foi obrigado a endireitar as rodas para travar, escorregando para fora.
Senna curva por dentro e retoma o primeiro lugar.

Duas voltas depois, Piquet faz nova tentativa.
Ameaça emparelhar por dentro e Senna, mais uma vez, atira o carro para a direita.
Piquet então, num golpe de mestre, puxa o carro para fora e atrasa a travagem ao limite.
Senna ainda tenta voltar para o exterior, mas Piquet já estava a seu lado.
O Williams entrou na curva com uma travagem forte, que arrancou fumo dos pneus e o colocam de lado, numa derrapagem controlada (quase impossivel naqueles carros).
Senna ficou sem espaço para reagir.

"Foi como fazer um looping com um Boeing 747. A manobra mais bonita que já vi na Fórmula 1", declarou depois o tricampeão mundial Jackie Stewart.
Comments: Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger