<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11538882\x26blogName\x3dLa+force+des+choses\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://scriptoriumciberico.blogspot.com/\x26vt\x3d-290933400104219020', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
La force des choses
3.12.05
 
FÉTICHISMO VAZIO

Lois Mailou Jones

Quem não tem cartas nem fotografias para queimar
que queime lembranças do que foi,
do que não foi,
do que poderia ter sido.

As cinzas as leve o vento se quiser...
o vento que volta e queima o lamento!

Silêncio...

Silêncio absoluto...

A tua única resposta é o silêncio...

Nunca mais! não é demasiado categórico, mas antes encerra em si a crua realidade.

Não se pode perder o que jamais se possuíu...


Comments:
interessante
 
=)

potente...
 
"Não se pode perder jamais o que jamais se possuíu". Tratando-se de fetichismo pode ter varias leituras.
 
ontem, sabe-se lá porque astros, andamos em rotas convergentes; um abraço
 
"não se pode perder o que jamais se possuiu"...



pá... tu às vezes...


acertas.
 
Ó Tilia!
e se respondesses a estes senhores, que julgam que estão a falar comigo...
 
Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger